Principal / Notícias / T85 patrocina reforma da quadra do H8C

T85 patrocina reforma da quadra do H8C

 

Leia depoimento do colega Mohamed Ali Osman (T85) sobre a inauguração da nova quadra do H8C, que teve as obras de reforma patrocinadas pela T85:


Foto: T85: missão cumprida

 

“Inicialmente o Helder, o Caio e mais um grupo de motoqueiros gays, com aquelas roupas típicas (macacões que mais parecem armaduras) e eu nos encontramos no Vaca Preta da Tamoios para um café da manhã.

Ao sairmos do Vaca Preta em direção ao CTA, eu estava a exatos 132km/h de velocidade na minha moto (nunca havia chegado a este patamar), quando o Caio passou por mim a 180km/h e para a minha surpresa, o Helder nos ultrapassou com facilidade, a 200km/h na sua BMW 1300 cilindradas.

Depois fomos para o campo de futebol do CTA onde estavam ocorrendo atividades esportivas da OI e lá nos encontramos com o Flavinho.

Em seguida, fomos ao H8 para a inauguração, onde nos reunimos com o CH Medeiros e o filho Gabriel.

Após aquela sessão de salamaleques, foi procedido o descerramento solene da placa.

Após isto, deu-se início às atividades esportivas e eu fiz uma cesta para inaugurar a tabela de basquete (obviamente eu estava sem marcador e bem próximo à cesta).

Enfim, começou a partida de futebol de salão com um time da Turma 85 contra o bixaral, sendo que os dois goleiros eram o Helder e eu.

O time da Turma 85 era composto por: Flavinho, Dudu (filho do Flavinho), CH, Gabriel (filho do CH) e Lucas.

O Flavinho fez o primeiro gol e o CH estava com muita dificuldade para fazer o segundo, por mais que o goleiro tentasse facilitar a vida dele.

Enfim, o gol saiu e todos fizeram gols no bixaral (cujo goleiro deles era eu), até o goleiro da turma 85 fez gol lá do campo adversário.

O Caio só ficou olhando.

Finda a partida, recomeçou a sessão de bostejos e nostalgia que infelizmente não durou tanto quanto gostaríamos face a compromissos que o Helder tinha em SP.

Enfim amigos, o evento foi de pequena dimensão do ponto de vista de quorum, mas foi gigante em significado e em exemplo, pois mostrou para o bixaral que cursar o ITA não é apenas meter gagá, passar nas provas, pegar o diploma e cair no Mundo. Fazer no ITA é constituir uma família, ser íntimo, ser cúmplice, ser parceiro e nunca abandonar a escola.”

Visualizar todos

Indique para um amigo, clique aqui.