Adauto Coutinho

De wikITA

Edição feita às 21h39min de 13 de abril de 2013 por Coyote (disc | contribs)

Aepet Direto (21.06.2006)

MORRE ADAUTO COUTINHO

A AEPET lamenta a morte do engenheiro Adauto Coutinho, conselheiro do núcleo Bahia, ocorrido na madrugada de segunda-feira, dia 19, vítima de uma parada cardíaca, no Instituto do Coração (Incor), em São Paulo.

Adauto foi um batalhador incansável na defesa dos direitos dos petroleiros no Plano Petros e prestou inestimáveis serviços à Petrobrás. Antes de partir para São Paulo, a fim de ser submetido a uma cirurgia, Adauto recomendou aos companheiros que não desistissem da luta por um Plano Petros, modelo Benefício Definido (BD), para todos.


Eu sou a filha de Adauto Coutinho, Tereza Cristina Coutinho.

Hoje, sentindo uma saudade imensa do meu falecido pai, daqui de Nova Iorque encontrei o site do ITA e abri só para ver a fotografia dele e ler os nomes dos amigos dele.

O meu pai amava falar dos tempos do ITA, dos amigos do ITA, da família do ITA. Como ele foi engajado a tudo que se relacionava aos colegas e depois de tantos anos defendia com toda a sua alma a integridade desta família.

Perguntei à minha mãe sobre o aniversário de formatura dos cinquenta anos, se ela tinha recebido alguma noticia ou convite e ela disse que não.

O meu pai amava muito o Instituto Tecnologico de Aeronáutica e a todos os seus colegas que, com certeza, de onde quer que ele esteja, sei que ele perdoara esta falta da Associação dos Engenheiros do ITA por não enviarem nem uma póstuma homenagem para a minha mãe dos 50 anos de formatura.

Eu te amo pai, tenho um orgulho imensurável por você, por tudo que você representou e representa na minha vida na nossa família e para o Brasil.

Parabéns, pelo 50 anos da sua formatura e eterna dedicação e serviços prestados à Engenharia do Mundo.

Da sua filha que lembra em todos os momentos, em cada esquina da minha vida o pai abençoado que Deus me deu.

Tereza Cristina Coutinho


Querida Tereza,

Permita-me lhe tratar com o carinho que os filhos de nossos colegas, como o Adauto, merecem.

Quem lhe escreve é Paulo Ribenboim (ELE-Turma de 1958).

Li sua justa queixa por não termos informado sua mãe, Yolanda, sobre o nosso encontro em São José dos Campos em comemoração pela passagem dos 50 anos de nossa formatura.

Lá estivemos em 30.08.08 e dentro da programação do evento, promovemos uma singela e sentida homenagem aos nossos colegas falecidos. O Paulo Cadaval leu um belo texto por ele preparado e ao mencionar os nomes de cada um, a turma como um todo respondeu "presente". Adauto estava lá presente !

Para que não se repita o ocorrido, peço que me indique o endereço postal e na internet da Yolanda para que possamos mantê-la informada sobre o próximo encontro que está programado para 2010. Pretendo também enviar algumas fotos do encontro de agosto último, inclusive da placa comemorativa fixada numa parede da escola, onde o nome do seu pai está indelevelmente gravado.

Meu endereço na internet é pribenboim@br.inter.net , caso você queira se comunicar comigo.

Um afetuoso abraço,

Paulo

PS: Felizes são aqueles pais cujos filhos lembram-se deles com amor e carinho. parabéns para o Adauto que soube cultivar seu amor.



Tereza,

Meu nome é Fernando Coelho de Souza (ELE-T59). Sou o Presidente da AEITA.

Lí sua mensagem no wikITA. Lí a do Paulo Ribenboim.

Ficamos sensibilizados pelo carinho com que tratou o Adauto. Ficamos sensibilizados por ver um pai que transmite à sua filha o enorme amor que tinha pelo ITA.

Fez nos bem. Fez-nos bem seu desabafo.

Como AEITA não nos envolvemos nas comemorações de turma. E faz sentido.

A turma tem um relacionamento muito especial, muito próprio e se fecha. Se fecha em ótimo sentido: completam-se.

Gostaria de enviar algumas informações sobre o ITA e AEITA que talvez possam interessá-la.

Meu e-mail é fercouza@gmail.com.

Pediria que me mandasse o seu.

Ficamos felizes que o wikITA nos permitiu saber mais do iteano Adauto e de sua filha.

Carinhos

Fernando Coelho de Souza

Links externos

Resumo do TG


Turma de 1958

Ferramentas pessoais