As 10 frases célebres do BOSCO

De wikITA

Recém-nomeado "bicho", uma de minhas primeiras missões no ITA, atribuída por um veterano de quem não me recordo, foi buscar as 10 frases célebres do BOSCO, durante o CPOR. Lembro-me de algumas delas pelo fato de tê-las registrado numa folha de papel para a devida prova de que fiz a pesquisa. Tento aqui eternizar tais citações.

Eis algumas delas (se alguém se lembrar das demais, por favor complete a lista!):

1. O aluno deve ficar a 90º dos três eixos;

2. Não pule na piscina suado para não alterar o PHd da água;

3. O aluno deve olhar um dx acima do horizonte;

4. Pode pisar (no asfalto) que já está pago;

5. O aluno deve ficar alinhado com o centro de massa de sua sombra;

6. O seno de 2 é aproximadamente 2, pois o ângulo de 2 graus é muito pequeno e o seno de ângulos pequenos é aproximadamente o mesmo valor do ângulo; (Esta frase foi dita durante uma instrução quando o mesmo disse que o seno de um ângulo pequeno era igual ao ângulo, e um aluno maldosamente perguntou se 2 graus era um ângulo pequeno e se o seno de 2 graus seria 2, e ele respondeu: "igual não!", decepção na sala, aí para delírio geral ele completou com chave de ouro: "o seno de 2 graus é aproximadamente 2")

7. O atirador seria lançado a 200 m/s para trás, mesma velocidade do projétil, se não houvesse atrito;

8. Polegar também é dedo;

9. Você tem que se barbear pela manhã pois a barba só cresce à noite;

10. O homem não para de respirar.

Frase extra 01 A fivela do cinto do aluno deve refletir mais luz do que recebe!!!! Pode polir mais!!!!

Diálogo extra 01 Aluno Rimoli, fora de forma! (o famoso João Benga da T-85)

Por quê Ten. Bosco?

Aluno Rimoli, fora de forma, você precisa ir ao Departamento Médico!

Não, Ten. Bosco, estou muito bem.

Aluno Rimoli, fora de forma, vá ao Departamento Médico. Você deu um bocejo tão grande que pude ver tuas amígdalas e observar que as mesmas estão inflamadas.

(impressionante a capacidade humorístca dele!)

Contribuição: Helder de Azevedo (ELE-85')


Depoimento do colega Irajá (T63), em 27/3/14: "A expressão 'três vezes o triplo do valor', que se tornou corriqueira no ITA, era a ameaça do Sargento (Bosco?) do que deveria ser pago por quem não devolvesse a japona no final do curso no CPOR, aliás super paquerada para sumir porque, além de ser um agasalho eficiente, era muito bonitona."



História do ITA 1981 a 1990

Ferramentas pessoais