Augusto Cacavallo Villaescusa

De wikITA

O texto a seguir foi publicado originalmente n'O Suplemento número 8, de setembro de 1995:

Augusto Villaescusa é provavelmente o único iteano que tem uma camisaria, uma profissão que mais se assemelha aos velhos "ofícios" da Idade Média que passavam de geração para geração. Uma verdadeira transferência de tecnologia.

Infreiro da Turma de 1984, êle trabalhou dois anos e meio na Andersen Consulting em vários projetos de consultoria na área de produtividade industrial e informática.

Ao sair desta firma, pensou em trabalhar na área de transportes ou planejamento urbano, e havia também a possibilidade de trabalhar na camisaria de seu pai, que era um emigrante espanhol vindo em 1955 e que, apesar da pouca escolaridade, tinha ótima formação humana e cultural e uma enorme capacidade de trabalho. Disso resultou a camisaria, iniciada do zero em 1969, mas que com muito trabalho, tino comercial e busca constante da perfeição, se transformou em uma das maiores e mais bem conceituadas camisarias sob medida de São Paulo.

Êle conta que foi para a Camisaria basicamente por três razões: porque era um bom negócio que havia dado um bom padrão de vida para sua família, porque desejava aplicar seus conhecimentos na firma e no ofício familiar e por fim movido pela curiosidade.

Sua integração foi muito melhor do que poderia supor e os 15 funcionários, a maioria com mais de dez anos de casa, não "estranharam" a sua presença. Mas aí interveio o destino e antes que ele completasse tres meses na firma seu pai faleceu vítima de um infarto fulminante. Diante desta situação terminou por assumir a Camisaria.

Sua função é de atendimento aos clientes, que êle resume assim:

"Eu oriento na escolha dos tecidos, tiro as medidas e faço a modelagem. Cada cliente tem o seu próprio molde, o que possibilita, inclusive, pedidos por telefone e futuramente via internet.

Uma encomenda normal gira por volta de cinco ou seis camisas, sendo que os clientes solicitam os nosso serviços com um intervalo médio de 18 meses.

O acabamento de uma camisa sob medida é bastante artesanal e os tecidos utilizados são normalmente os melhores disponíveis no mercado. Dispomos também de um serviço de troca de colarinho e punhos.

Apesar de toda esta qualidade de atendimento e de produto, nossa camisa custa em média o mesmo preço ou às vezes até menos que uma boa camisa de shopping."

Aliada à face artesanal, a Camisaria, localizada à Alameda Jaú, 1494, conta hoje com um bom nível de informatização, um grande enfoque no treinamento da mão de obra e uma preocupação social, pagando salários bem acima do mercado e distribuindo resultados.

O Augusto gostaria de ver mais iteanos em sua clientela de 3000 clientes ativos pois acredita que a Camisaria Augusto tem condições de oferecer serviços e produtos diferenciados de ótima qualidade e a satisfação será muito grande em poder atender os amigos do ITA.

http://www.camisariaaugusto.com.br/

No site acima dá para ver que a Camisaria mudou para a Rua Cravinhos, 83 - Jardins e adotou o nome fantasia de Augusto Camiseiro.


Turma de 1984

Ferramentas pessoais