Bar do Boneca

De wikITA

Nos anos 60 existiu em São José dos Campos um bar chamado Bar do Boneca que logo ganhou fama entre os iteanos
pela cerveja gelada, qualidade dos petiscos e acolhimento caloroso.

Em nenhum outro bar ou boteco da cidade os iteanos eram tão benvindos como no Bar do Boneca

O nome oficial do Bar do Boneca era Bar Santos Dumont.

Era um dos poucos bares onde iteano podia tomar umas e outras tranquilo, sem brigar com os caras da cidade, que tinham ciúmes das meninas.

O nome de batismo do Boneca era Geraldo Nogueira da Silva.

No início dos anos 60 ele vendeu o bar e mudou-se para Caraguatatuba, elegeu-se prefeito por dois mandatos e ganhou nome de avenida, na orla da praia.


Depoimentos de colegas sobre o Bar do Boneca

Do Wellington (T63), em 5/6/17

Era um dos poucos bares onde iteano podia tomar umas e outras tranquilo, sem brigar com os caras da cidade, que tinham ciumes das meninas.

Do Bandel (T63) em 13/8/17

Nossa turma tem ótimas lembranças até o final do curso, e outras turmas mais jovens idem.

Eu nem me interessava em saber quem era o dono do boteco, se ele morava em São José, e qual seu nome verdadeiro.
O importante era a qualidade do chope, da caipirinha e daquela linguiça fatiada e frita.

Saudosas recordações.

Relato do colega Crocker em jun/2013

O Bar do Boneca em São José dos Campos foi muito importante para a comunidade científica: foi lá que foi descoberto o famoso princípio de Crocker-Carpentiere!

Para quem não sabe/não lembra: se colocarmos um cubinho de queijo num copo de chopp, ele desce ao fundo, depois sobe, depois desce, e sobe novamente, etc.

Nunca pudemos terminar a experiência, porque o BTU (Carpentiere) tomou todo o chopp antes. O Carpentiere descobriu o fenômeno, o Crocker fez a explicação científica (com explanação bodosa sobre a adsorção do CO2 na superfície do queijo).

Muitos anos atrás (década de 70, provavelmente), eu estava entrevistando um candidato iteano a estágio na Esso, e quando ele soube meu nome e que eu era do ITA, arregalou os olhos e perguntou: "Você é o Crocker, do efeito Crocker-Carpentiere?" -- aparentemente a tradição do trote manteve nossa descoberta científica viva!

Happy-hour de colegas da T63 no Bar do Boneca

Geraldo Nogueira da Silva

Ferramentas pessoais