Cláudio Miguel Barreto Viana

De wikITA

Fundador das Empresas do GRUPO AEROMOT, é engenheiro de Aeronáutica e
fez cursos de pós-graduação e estágios em diversas instituições internacionais.

É membro do Conselho de Ciência e Tecnologia (CCT), composto por 14 representantes
nomeados pelo Presidente da República, oriundos das áreas acadêmicas e empresarial e membro
do Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia do RS, nomeado pelo Governador do Estado.


Transcrição de depoimento do Cláudio Barreto por e-mail à ita-net em 22 de julho de 2016, por ocasião dos Jogos Olímpicos do Rio

Oi Pessoal, beleza! Pois o guri aqui, que entrou no ITA na 1ª Turma em 1950, que começou as aulas só em Maio porque os H-10, onde nos alojamos com boa parte dos professores, não ficara pronto, muito jogou rachinhas de basquete na cancha que ficava atrás dos H-10 - ainda existe? Eu não joguei pelo time do ITA que era muito bom, mas no início tínhamos torneio entre os anos, posteriormente Fundamental contra Profissional, e novamente entre os anos - e fui do time campeão algumas vezes, inclusive no último ano, em que era d' "O 3º ano profissional contra o Mundo!". Entrávamos em campo berrando isso, eu e o Pintinho - Geraldo Augusto dos Reis Lima, já falecido, gritando esse mote e carregando horizontalmente um imenso poste com uma calcinha presa numa ponta, troféu obtido numa excursão a Jacareí, pois em SJC não era permitido casas de moças de vida airada(!) por ser estância de sanatórios para tuberculosos... O Gerhard Garz era o expoente do time, jogando mais o Antônio Marins, o João da Matta Costa Bismara, o Pintinho e eu - o único ainda vivo.

Lembro que o Bombarda jogou pelo Brasil na Suécia, creio que em Helsinski. Ele e o Marson, por passarem a jogar no time do Tênis Clube que começou a ganhar tudo, muito concorreram para melhorar o ambiente com o pessoal da cidade, enciumado pelo sucesso que faziam com as gurias da cidade "os bravos cadetes da COCTA", como uma vez nos chamou pelo alto-falante o locutor da rádio de Taubaté, quando lá jogou o time de volley do ITA. O Marson então se entrosou totalmente pois casou com a Terezinha, bela moça da cidade. Fico feliz em saber que ele continua vivo, e afirmo com toda a convicção que ela faz parte do quinteto, cada um na sua área, que muito fez para, nos primórdios do ITA, este deslanchar com a força e grandeza que o faz famoso e respeitado até hoje. Os outros foram Cel. Montenegro, idealizador e fundador do CTA; Cel. Leal que, nas frequentes ausências do Cel. Montenegro trabalhando nas altas esferas, tocava o barco em SJC na difícil fase de implantação; Prof. Lacaz, ensinando matemática, treinando o time de futebol e o constante "pai de todos" com sua bondade inata e sempre presente. e o Prof Paulus Aulus Pompéia, cientista de alto nível e também administrador, numa época em que tudo estava por ser feito.


Mensagem do Cláudio Barreto para a AEITA em 18 de dezembro de 2017:

Hoje, há 63 anos, se formava a 1ª Turma de engenheiros do ITA que cursaram os 5 anos em São José dos Campos, da qual fiz parte. Lembro com saudades da bela solenidade paraninfada pelo Brig. Montenegro, de meus pais e irmãos que evidentemente lá compareceram, do Baile de Gala realizado no Elefante Cor de Rosa com orquestra vinda de São Paulo... e lembro também dos 5 anos de estudos duros e professores ótimos, e acima de tudo, dos caríssimos colegas, grande parte dos quais já se foi.

Amanhã em Porto Alegre os poucos Engenheiros do ITA que aqui residem farão um encontro de fim de ano, ao qual evidentemente comparecerei. Nada a ver, obviamente, com os 63 anos de formatura, mas é sempre bom manter contato com a gurizada e suas idéias... E sem dúvida falaremos do ITA; meus ardentes votos é que persistam para frente suas características iniciais, (uma das quais eram os excelentes professores) das quais tive a honra de ser um dos formadores, inclusive como chefe do DOO do CASD no último ano - nada de cola, seriedade pessoal e profissional, etc.

Chega de bostejo; meu abraço a todos, com votos de Feliz Natal e ótimo Ano Novo juntamente com suas famílias.


Turma de 1954

Ferramentas pessoais