Claus Claussen

De wikITA

Nasceu na Alemanha, provavelmente em Karlsruhe e veio para o Brasil ainda adolescente quando seu pai, que era engenheiro da Siemens, para cá foi transferido. Quando seus pais voltaram para a Alemanha, ele já estava cursando o ITA e decidiu ficar por aqui para terminar o curso.

Era o piloto do fatídico vôo do Neiva P56C Paulistinha de prefixo PP-HQX acompanhado pelo colega mais experiente Luiz Carlos Miguez Urbano (AERON-66) que simulou uma pane de motor como parte do treinamento de novos instrutores, pane esta que não foi resolvida a contento pelo Claus, tendo o avião "estolado" a poucos metros do solo não sendo possível sua estabilização. No choque houve derramamento de combustível e consequente incêndio da aeronave. Os dois ocupantes sofreram sérias queimaduras sendo que o Claus não resistiu aos ferimentos e veio a falecer no Hospital das Clínicas em São Paulo, dois dias depois do acidente ocorrido no dia 3 de novembro de 1964. Seu corpo foi transladado para Karlsruhe na Alemanha onde moravam seus pais e lá foi sepultado.

O cabo Walter Ferreira Dias foi elogiado pelo diretor do CTA, Brig. Montenegro. Ao tomar conhecimento deste elogio, o Nivaldo Laguna Ciocchi (ELE-63) fez o seguinte comentário por e-mail

"Esse cabo Walter Ferreira Dias é o famoso CB Ferreira do almoxarifado do PEA?
Era tão modesto que eu nunca cheguei a desconfiar de seu heroísmo."

imagem:PP-HQX queda.JPG


Turma de 1966

Ferramentas pessoais