Correspondência via email do Presidente da AEITA 2008/2009

De wikITA

Trocas de correspondência que tive como Presidente da AEITA com os iteanos.

Foi algo que me ajudou a entender a minha função. Aprendi muito com o cuidado nas respostas. Consultei muitos, várias vezes, para responder. É uma memória viva do que recebi, escrevi e pensei. Retirei os nomes. O meu é mantido. Quem sabe poderá ajudar futuros presidentes. Ou até mesmo o atual ao ler o passado e o que pensou à época. Vai para o wikITA. Talvez para o AMIGOS. Será meu legado: CORRESPONDÊNCIAS DE e-mail do PRESIDENTE 2008/2009 da AEITA! Fernando Coelho de Souza Rio de Janeiro 26 de janeiro de 2009


28 07 2008 Prezados

Pensando hoje de manhã, senti que faltou alguma coisa na minha colocação do exemplo. É que botei o foco da atuação setorial do exemplo em "conquistar uma posição de negociação para a indústria brasileira". Está bem, podemos até ser fortes parceiros de uma setorial da ABINEE para isso. Mas tem um diferencial nosso que sempre está em primeiro lugar (lembrem, nosso nicho é "tecnologia aeronáutica"), que é: entender as opções de tecnologia, e apoiar a solução tecnológica mais adequada para o nosso País. Digo isso por que uma solução americana está condicionada, por exemplo, pela enorme base instalada que eles já tem. E esse foco em tecnologia nos aproxima de nossa Alma Mater, e pode render projetos tecnológicos do MCT, como nos colocou o Aracati. Olha, isso daí é tudo só para argumentar. Aliás, empreguei um exemplo de uma área que eu desconheço, escuto conversa de piloto....

Um boa segunda feira! RRRR

27 07 2008 Caro Fernando, como não jogo fora nada (defeito gravíssimo), ai vai a sua resposta ao meu e.mail. estarei respondendo ao R nos próximos dias com um forward pra vc.

abs PPPP


Original Message -----

From: Fercouza globo To: Sent: Tuesday, July 22, 2008 9:02 PM Subject: Re: Carta do Presidente AEITA 2008 2009 7 de julho de 2008 Caro PPPP Observações em vermelho. sobre o desabafo do F, o que dizer?? seria viável, numa pequena praça como Porto Alegre, reunir um número significativo de iteanos entendidos na matéria para discutir os problemas dos transportes aéreos e coisas correlatas?? Não sei e é o que se pode fazer é descobrir se há interesse.e os outros problemas brasileiros, que não são poucos?? Não há a intenção de resolver os outros problemas.Texto em itálico afinal qual é o objetivo das regionais da AEITA ?? Congregar iteanos, mas é algo que não está claro em lugar nenhum. Podia ser q cada regional atacasse problemas de sua área, de interesse da comunidade iteana. As regionais são independentes e autônomas.Texto em itálico tornar-se um forum de debates dos problemas brasileiros?? neste caso, com que finalidade?? ou simplesmente servir de ponto de encontro de ex-iteanos para um bate-papo descontraído sem maiores pretensões, interessados em manter vivas as raízes criadas durante o período de escola. ou ambas as coisas?? Acho que passa por aí.Texto em itálico bem seja lá o que for, deve ser matéria de consulta e debate na comunidade. o importante é atrair e aproximar o pessoal nas várias praças. É o que a AEITA Rio vem fazendo. As demais estão paradas. Estamos tentando a de SJC porque tem enorme população iteana.Texto em itálico Eu aplaudo de pé todas as tuas cartas, desde a primeira. Pena que naturalmente não tens como te gratificar com o espetáculo. Então, tenho que dar um feedback por este meio (sem exagerar escrevendo em pé). Nunca tive interesse pela AEITA. Saudosismo cansa. E não vi muito mais do que isso acontecendo. Parecia uma coisa muito distante do seu público, meio que falando sozinho. Tuas cartas mudaram isso tudo. Agora enxergo pessoas, descubro que há vida nesse planeta. Foi aqui que me senti bem. Trazer um iteano e notar que minhas cartas estão tendo aceitação. Também que abriu um novo enfoque, por área de interesse. O tripé nas alumni americanas é turma, regional e especialização. O F abordou esta, pela primeira vez. Se vai dar certo não sei. Mas valeu Abs FernandoTexto em negrito


Original Message -----

From: PPPP To: Fercouza globo Sent: Tuesday, July 22, 2008 6:49 PM Subject: Fw: Carta do Presidente AEITA 2008 2009 7 de julho de 2008 oi Fernando, meu e.mail abaixo está cheio de interrogações. espero que vc não o deixe sem resposta a todas elas.

hugs, PPPP

Prezado PPPP

Fiquei ruminando sobre o teu texto, que se presta muito para testar os argumentos. Vou comentar por partes (me desculpa o pedantismo de numerar, mas ajuda):

1- sobre o desabafo do FFFF..., o que dizer ?? Tens razão em ver como desabafo, foi a leitura atenta e ligada do Fernando que imediatamente extraiu uma idéia quem sabe valiosa. E que não é nova, veja o comentário do Teixeira: Como o Pedro John já nos ensinou, as Alumni de sucesso se apóiam em um tripé: nas Turmas, nas Regionais e nas Especializações (ou setoriais como mencionado pelo R.).

2- seria viável, numa pequena praça como Porto Alegre?... Claro que fiquei P da cara com a "pequena praça". Mas tu tens razão, em termos iteanos isso aqui é uma pasmaceira. Alguns gatos pingados (ao menos que eu saiba) que nunca tiveram interesse em reunir um grupo, muito menos organizar uma Regional. Mas na verdade, a atividade no nível setorial (ou de especialização, se preferirem) não acontece num lugar. Justamente reúne o que está espalhado por todo o Brasil e pelo mundo (penso, por exemplo, no Rui Brandão, colega do Tomás R., que nos anos 80 encontrei como respeitado pesquisador da Bendix Avionics, em Fort Lauderdale). É simples: a) uma Regional não pode ser Setorial, por que congrega iteanos das mais diversas especializações que casualmente moram na mesma cidade. b) Uma Setorial não pode ser Regional por que reúne os iteanos de uma determinada especialização (ou ár ea de interesse profissional) onde quer que estejam. c) Eventualmente (vamos sofisticar) vc. pode chegar a uma estrutura matricial em que uma Regional (graças à massa crítica de uma determinada especialização) é hospedeira de uma determinada Setorial com que tem a afinidade.

3 - qual é o objetivo das regionais da AEITA ?? Tornar-se um fórum de debates dos problemas brasileiros ?? .O termo "especialização" é claro. Evidente que não faz sentido meter mais uma colher no angu dos "problemas brasileiros". Mas vê só: bem ou mal a AEITA reúne engenheiros cuja formação é "tecnologia aeronáutica". Está no nome, é uma área vasta que comporta um bom número de interesses profissionais bem focados (as especializações). Então vamos combinar que em assuntos nesta área nós queremos ter voz, nós queremos nos fazer ouvidos e respeitados por nossa "autoridade de competência". Concorda com essa delimitação para a Setorial?

.....ou simplesmente servir de ponto de encontro de ex-iteanos para um bate-papo descontraído sem maiores pretensões...... Concordo com esse objetivo, ele é próprio de uma Regional, certo?

4- Só pra terminar, um exemplo de aplicação em poucas palavras: A infra estrutura de controle de vôo do Brasil é obsoleta e inadequada (igual às estradas, portos, etc.) a tecnologia é "anos cinqüenta", o tráfego aéreo triplicou nesta década. A colisão em rota do GOL x Legacy trouxe isso para o noticiário e.continua tudo igual. Enquanto isso os americanos estão trabalhando muito no Next Generation Aviation System ("Next Gen"). Tem slide shows e filmes no site www.faa.gov. Será que daqui a alguns anos vamos ter que "engolir mais um SIVAM", ou ainda é tempo para tomar pé no assunto, e até conquistar uma posição de negociação para a indústria brasileira?

Um forte abraço, do RRRR


Original Message -----

From: PPPP To: fernandocoelho1 gmail Cc: FFFF Sent: Sunday, July 20, 2008 6:39 PM Subject: Re: Carta do Presidente AEITA 2008 2009 7 de julho de 2008

Caro Fernando,

depois da espinafração com que fui brindado por VExcia, ao retornar ao Rio fui a caça do decantado e.mail do FFFF e eis que depois de uma exaustiva pesquisa encontrei o dito cujo. agora entendi porque não havia lido antes. sob o título "carta do presidente" eu havia recebido ultimamente vários outros e.mails. cansei.

não atentei, contudo, que o e.mail havia sido gerado por vc e só dirigido ao FFFF e a mim. valeu a deferência.

sobre o desabafo do FFFF, o que dizer?? seria viável, numa pequena praça como Porto Alegre, reunir um número significativo de iteanos entendidos na matéria para discutir os problemas dos transportes aéreos e coisas correlatas ?? e os outros problemas brasileiros, que não são poucos??

afinal qual é o objetivo das regionais da AEITA??

tornar-se um fórum de debates dos problemas brasileiros?? neste caso, com que finalidade?? ou simplesmente servir de ponto de encontro de ex-iteanos para um bate-papo descontraído sem maiores pretensões, interessados em manter vivas as raízes criadas durante o período de escola. ou ambas as coisas??

bem seja lá o que for, deve ser matéria de consulta e debate na comunidade. o importante é atrair e aproximar o pessoal nas várias praças.

sds iteanas, PPPP


Original Message -----

From: fernandocoelho1 gmail To:FFFF;PPPP Cc: FFFF Sent: Friday, July 11, 2008 12:00 PM Subject: Fw: Carta do Presidente AEITA 2008 2009 7 de julho de 2008

Gostei muito de receber este e-mail do FFFF. Valeu muito para mim. Minha resposta está logo abaixo. Fernando


Original Message -----

From: F To: Aeita Sent: Thursday, July 10, 2008 9:36 PM Subject: Re: Carta do Presidente AEITA 2008 2009 7 de julho de 2008

Prezado Fernando

Eu aplaudo de pé todas as tuas cartas, desde a primeira. Pena que naturalmente não tens como te gratificar com o espetáculo. Então, tenho que dar um feedback por este meio (sem exagerar escrevendo em pé).

Nunca tive interesse pela AEITA. Saudosismo cansa. E não vi muito mais do que isso acontecendo. Parecia uma coisa muito distante do seu público, meio que falando sozinho. Tuas cartas mudaram isso tudo. Agora enxergo pessoas, descubro que há vida nesse planeta.

Não vou me alongar, são muitos os teus e-mails. Resumo do que andei ruminando: o meu interesse na comunidade de antigos alunos é muito mais setorial que regional. Acho um saco jantar com gente que não conheço só por que moraram no mesmo prédio que eu, e em épocas diferentes. Interessam-me as pessoas com quem posso trocar idéias e vivências comuns, seja de que turmas forem ou em que cidade moram. E acho que por aí a AEITA poderia ter peso e presença. Vê só como exemplo essas Agências. Elas fazem política industrial e tecnológica. Quem é seu interlocutor? Quem elas ouvem antes de "cagar regra"? Será que as pessoas/grupos mais capazes e informadas têm voz em audiências públicas? Etc. Veja só a ANAC, que desastres. Tudo errado, penso eu com meus botões. Numa setorial de transporte aéreo eu encontraria ao natural uma porção de iteanos com longa vivência no setor, muitos certamente indignados ou desanimados, mas todos felizes por acharem um fórum para discussão. Seriam ótimos jantares. E talvez a gente pudesse influir, ajudar a arrumar. Digo ANAC por que é o meu grupo de interesse. E ANATEL? ANEEL? Daria pra levantar algumas bandeiras com isso aí.

Resumindo: acho (note bem: achômetro) que setoriais têm uma grande alavancagem de mobilização.

Remeto-te esse e-mail como evidência concreta de que andei pensando na AEITA, portanto fui atingido por tuas cartas, portanto tens tudo pra te sentir gratificado.

Um abração, Fernando, e bom trabalho!

Com grande amizade,

RRRR


RRRR Enorme alegria lê-lo.

Grato pela gratificação.

Idéia ótima. Como fazê-la funcionar?

Somos 9 iteanos pingados.

Para sua informação as alumni dos States têm o tripé em turma, universidade e especialização/setorial. (acho que é isto)

Você focou na especialização/setor que nunca focamos com ênfase.

Porque vc não usa a AEITA e expõe suas idéias e pede auxílio aos iteanos para definir de forma prática e ligeira o grupo AEITA Aeronáutica Transporte? Coisa simples. Quem sabe tem aceitação?

Estamos agora, desde ontem, autorizando o wikITA, hospedado no site AEITAonline. Idéia e realização de gente da turma 90. O desenvolvimento é deles.

Experiência pessoal: faça um esboço simples e rudimentar de sua idéia. Circulamos pela itanet, Aeita e vão corrigindo e sugerindo. É como temos atuado na diretoria e tem funcionado. É PRECISO UM ESBOÇO INICIAL PARA QUE AS PESSOAS AGREGUEM.

Diga se quer coordenar nos 3 ou 6 meses iniciais ou quer voluntário para ser o Gerente AEITA de Relacionamento de transporte aéreo.

O nome está chutado. Mas é isso aí.

Precisamos deste tipo de feedback e apoio.

Obrigado e estaremos ajudando no que puder. E QUEREMOS ajudar.

Abração

Fernando


Original Message -----

Sent: Tuesday, July 08, 2008 4:45 PM

Subject: Carta do Presidente AEITA 2008 2009 7 de julho de 2008

Iteana e iteano

Eis uma carta que sei começar e não sei como irá terminar. Posso reescrevê-la e corrigi-la.... Podia tentar encurtá-la..... Administração da AEITA

A carga está nos ombros do Tomas, o Culpado. É quem vai administrando com sua garra, discrição e bom senso. Foi quem montou toda a estrutura administrativa, inclusive o que temos de TI.

........



29 07 2008 WWWW

Tenho o seu e-mail e talvez consiga achá-lo.

Há um dado de realidade que a AEITA não tem hoje uma estrutura de gente e TI que possa colocar em prática o que vc fez.

Tenho dúvidas se temos gente e $$$ para investir nisto.

Como conversei com você, a nossa representatividade é pequena. E participação idem. Noto isto nas reuniões da AEITA no Rio, SP etc.

Coisa de 40 participantes em média. Não tenho ainda noção em SJC.

Acho que fui eleito com 70 votos! O TTTT me informou que houve uma assembléia, faz muitos anos, em que 60 SESSENTA iteanos presentes mudaram o estatuto.

Acho que somos coisa de 4.000 iteanos e, pagantes na AEITA, acho que não chega a 1.000.

A participação dos iteanos na AEITA é pequena.

A única eleição em que houve disputa e muita participação foi a do Sidney, creio que em 2005 para mandato de 2006/2007.

Vejo muito mais atividade na ITANET e nos grupos de turma.

E olha que temos nos virado. E estamos recebendo algumas gratificações.

Temos mais pós-graduandos que graduandos no ITA.

O mundo está mudando e acho que não estamos conseguindo acompanhar. Ou pelo menos não estamos conseguindo influir na mudança. É um pouco frustrante. Somos amadores muito bem intencionados.

Pensando no que poderemos fazer.

Voltaremos a vc. Grato pelo exemplo.

Abs

Fernando

PS E se vc fosse o responsável por administrar o projeto de atualização do BD da AEITA? Toparia? O que precisaria para topar?


Original Message -----

To: aeita Sent: Sunday, July 27, 2008 10:07 PM Subject: "Desaparecidos" do ITA: turma 1960 e contemporâneos Conforme solicitado no último e-mail da AEITA (23-07-08), fiz uma pequena pesquisa concentrada nos colegas de minha turma e de alguns outros contemporâneos. Relaciono abaixo minhas conclusões: ALGUNS DESAPARECIDOS DO ITA Observações: 1 Os nomes antecedidos por um (*) são conhecidos meus e têm um nível de confiança de 100% 2 Os demais foram pesquisados na internet (Google) e/ou www.telelistas.net por mim 3 Recomendo fortemente que os demais sejam “testados” mediante contato telefônico ou por e-mail, para que se confirme ou não a correção da minha pesquisa.

CARLOS ALEXANDRE BINNS (T60) IVAN CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE (T60)

  • NELSON ORTEGOSA DA CUNHA (T60)
  • LUIZ ALBERTO RABI (T60)

CARLOS JUAREZ TÁVORA (T60) CONSTANTINO AUGUSTO HENRIQUE SCHWAGER (T60) SERGIO ULIAN (T60)

  • ALEXANDRE ANNENBERG (T61)

VALDEMAR WAINGORT SETZER (T63) MARIO KARPINSKAS (T64)

OUTRAS OBSERVAÇÕES SOBRE O MESMO ASSUNTO

1. Enviei-lhes em 30 de junho passado, minha disponibilidade para ser o “owner” da lista da Turma de XXXX. Presumo que não há interesse, pois não tive ainda o prazer de uma resposta 2. Na última vez que saiu um pedido semelhante de busca de “Iteanos desaparecidos” em “O Suplemento” (não me lembro quando!) enviei para secretaria da AEITA o resultado de uma pesquisa que fiz envolvendo quase 50 nomes. Nunca recebi uma resposta dessa minha contribuição o que me levou a me queixar com o Fernando Coelho de Souza (um pouco antes da sua eleição…). Infelizmente apaguei os e-mails e o material que enviei, aborrecido com o descaso havido. Na ocasião o Tomás Ratzerdorf enviou-me um e-mail justificando o ocorrido como devido à carga de trabalho que estava ocorrendo com a organização do “Sábado das Origens”…

Cordialmente,

WWWW



30 07 2008

Ilustres,

Já tive uns debates ocasionais com o Fernando Coelho de Souza sobre o posicionamento da atividade teatral num curso, por hipótese, do ITA.

Ocasionalmente, frente minha oratória inflamada, o Fernandão fez umas pequenas concessões; mas no fundo ele vê o teatro como uma atividade cultural, enriquecedora e ponto final.

Segue abaixo um dos exemplos que recebi nos últimos tempos desde que tive a intenção, no momento estacionária, de partir para a reconstrução de um teatro no ITA. Existem vários outros casos de instituições adotando a via teatral como ferramenta de ensino; passarei a prestar mais atenção para remeter outros exemplos, além do de hoje, aos ilustres componentes deste e-mail.

Fica a pergunta:

O que é que a OAB enxerga num curso teatral que não seria útil para um engenheiro que dirigirá equipes?

Abraços a todos e especialmente à Professora de Humanidades do

Pedro John


Curso: Teatro para Facilitar a Comunicação • Data: 14/8 • Horário: 19h30 às 22h30 • Local: Rua Monte Alegre, 1024 - Perdizes - SP

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

TELEFONE (11) 3670-8458

Esta matéria foi colocada no ar originalmente em 30 de julho de 2008.





24 novembro de 2008

Prezado GGGG,

O wikITA é um site baseado no conceito Wiki, o que significa que qualquer internauta, inclusive você, pode editar o conteúdo dos artigos acionando o link "Editar" que é mostrado em quase todas as páginas do site.

Como resultado desta liberdade de edição, é muito simples e fácil adicionar novas páginas. Isso permitiu que em 4 meses o wikITA obtivesse mais de 1.000 páginas de conteúdo.

O lado ruim é que nem todo mundo sabe usar liberdade com responsabilidade. A página principal foi atacada por hackers e vez ou outra alguém escreve textos cujo único objetivo é denegrir pessoas ou instituições. Quando isso acontece, outros usuários corrigem o texto.

É o que fiz, por exemplo, alterando a descrição jocosa que havia no site em relação ao TG: http://www.aeitaonline.com.br/wiki/index.php?title=TG

Particularmente, acredito que o texto na primeira página do wikITA já é suficiente para inibir este tipo de comportamento que felizmente tem sido muito raro no site. No entanto, sinta-se à vontade para alterar o que julgar necessário. O objetivo do site é justamente criar textos de forma colaborativa.

Um grande abraço e obrigado por enviar sua opinião.

Antônio Magno Lima Espeschit (Toni)

INFRA T90

São José dos Campos, SP


Original Message-----

From: GGGG<aeita@netvale.com.br>) Sent: Monday, November 24, 2008 3:06 PM

To: Fernando e outros

Subject: Wikita

Bom dia, gostaria de saber se há algum controle dos dados divulgados na Wikita, uma vez que às vezes informações incorretas são divulgadas (vide exemplo: http://www.aeitaonline.com.br/wiki/index.php?title=TG). Penso que seria interessante algum incentivo para que apenas informações relevantes fossem publicadas. Talvez um email de conscientização e regras claras para edição colocassem ordem na página.

Atenciosamente, GGGG





26 de novembro de 2008

RRRR

Nada como ter retorno. A indiferença é que mata. Temos visões discordantes e concordantes.

"Primeiro, sugiro não encomendar a solução antes de saber o problema. O AMIGOS pode ser ótimo, mas não quer dizer que é ótimo para nossos problemas. Isso é MUITO importante. Antes de poder responder o que você espera da ferramenta, você ainda não sabe que ferramenta precisa. Sugiro sentar e definir com calma e nos mínimos detalhes possíveis o que, afinal de contas, queremos da ferramenta de networking."

Você define o problema, analisa e busca a solução. É uma forma de ver. Já tentamos entender a nossa comunidade e ela é fluida, diversa, incoerente e pouco participativa. O 'mínimos detalhes' me assombra! Desistimos de fazer isto há algum tempo. Foi e é a experiência na Regional Rio. Tentativa e erro também é uma forma correta de avançar. É preciso estar atento e saber usar a tentativa e erro. O wikITA foi e é uma iniciativa de iteanos. E já mostrou muita coisa. Aumentou muito o acesso aos nossos sites. Considero o wikITA um sucesso enorme: foi iniciativa de iteanos, mais de 1000 páginas de conteúdo em meses, tem provocado participação e discussões na comunidade. E o custo quase zero. Um ótimo exemplo de iteano que teve uma boa idéia para eles, iteanos, fazerem. E não ter uma boa idéia para ou outros fazerem. As pessoas parecem esquecer que somos seis iteanos pingados! E ajuda de três secretárias e alguns voluntários. As Regionais são iniciativa de iteanos. Cada uma acha e busca seu caminho. Gostamos do exemplo do exterior. Nem sempre conseguimos trazê-lo para cá. A nossa cultura é diversa. Há que conviver com isto. Nem tudo que reluz é ouro. Nem tudo que funciona lá podemos aplicar aqui. Quantas vezes você consultou as Oportunidades no nosso site? Vc já o consultou alguma vez? Todas as nossas palestras que oferecemos até hoje foram grátis. Vc já consultou as palestras que a Regional AEITA ofereceu e está oferecendo? Sugiro olhar os sites da Reg Rio e SJC. http://aeita.rio.googlepages.com/ http://aeita.sjc.googlepages.com/

"Eu acho que não usamos nossa força, e não temos assertividade nenhuma nas nossas ações."

Concordamos. Aceito sugestão. Temos tentado. Mas somos poucos atuantes ou poucos que atuam? Em cerca de 4000 temos cerca de 1200 pagantes. Hoje está aumentando o número de sócios pagantes nas turmas mais novas. Invertemos a queda de participação e atraímos os mais jovens. Sucesso pequeno mas sucesso. Atuantes sim, resultados demoram. Sabíamos de todos os detalhes? Foi persistência, iniciativas diversas, opiniões divergentes e andamos. Continuamos andando. Invejo-o.

"Eu acho nossa ação tímida demais. E aqui fica minha única crítica: apesar de a gestão atual ser muito mais transparente, e isso é ótimo, está faltando punch. É bom saber as questões, mas eu, pessoalmente, gostaria de receber mais soluções que problemas."

Nós ainda estamos tentando entender as questões! O AMIGOS é uma tentativa. Pioneira para nós. Talvez decole. Podemos arriscar pois o custo é pequeno e risco idem. Espero ter o prazer de vê-lo participando mais na AEITA. Vc pode até criar uma comunidade no AMIGOS para definir os rumos e visões da AEITA. Eu apoiá-lo-ia de muito bom grado. Grato pelo seu retorno.

Fernando

>>> Para que seja possível seu ingresso na rede social AMIGOS da AEITA:

>>> 1o. Solicitamos que acesse o link: http://aeita.cesar.org.br/

>>> 2o. Clique em CADASTRE-SE AGORA!!

>>> 3o. Preencha o formulário, fornecendo seu nome completo, repito NOME COMPLETO para facilitar a liberação de acesso.

>>> Você, então, deverá receber um e-mail com a autorização para acesso a esta rede.

>>> O procedimento acima poderá ser enviado a todos os seus colegas iteanos, repito ITEANOS, que quiser convidar para participar da rede.



To: Aeita Sent: Thursday, November 20, 2008 6:46 PM

Subject: RES: AEITA Informa #6 - Rede Social AEITA Amigos

Fernando,

Apesar de não ser dos membros mais atuantes da AEITA, gostaria de dar alguns pitacos nesta discussão e no papel da AEITA em geral.

Primeiro, sugiro não encomendar a solução antes de saber o problema. O AMIGOS pode ser ótimo, mas não quer dizer que é ótimo para nossos problemas. Isso é MUITO importante. Antes de poder responder o que você espera da ferramenta, você ainda não sabe que ferramenta precisa. Sugiro sentar e definir com calma e nos mínimos detalhes possíveis o que, afinal de contas, queremos da ferramenta de networking.

Da mesma maneira, um site wiki é uma coisa fenomenal, mas a gente quer um pra que? Que problema nosso ele resolve? Como a gente quer que ele resolva? Idem pro resto todo.

Segundo, os comentários do Jean Paul abaixo são pertinentes, mas eu acho que os problemas são muito mais de fundo. Olhando o exemplo americano percebo a diferença: o alumni de uma universidade importante é uma máquina! Aliás, o do IBMEC já é bom: essa semana fui convidado para uma palestra do Joelmir Betting grátis. Na faixa. Tem anúncio de emprego toda semana. Até pouco tempo atrás eu colocava meu email da Mensa no meu currículo, para me exibir sem ser chamativo. Do ITA, eu nem sei se posso ter. Muitos amigos meus têm email dos MBA’s que fizeram no exterior. Mais uma vez: do Alumni IBMEC, eu tenho email grátis.

Eu sei que muita gente tem uma visão romântica do ITA e da AEITA, mas o romantismo não sobrevive sem um pouco de pragmatismo. A AEITA tem que funcionar de verdade, colocar soluções, ser ativa. Se o IBMEC consegue palestra grátis com gente importante, porque a gente não pode? A gente não tem diretor de empresa para falar pela gente? Não tem gente de peso pra fazer aquela ligação especial? Nosso público não conta pra quem interessa? Eu acho que não usamos nossa força, e não temos assertividade nenhuma nas nossas ações. Eu acho nossa ação tímida demais. E aqui fica minha única crítica: apesar de a gestão atual ser muito mais transparente, e isso é ótimo, está faltando punch. É bom saber as questões, mas eu, pessoalmente, gostaria de receber mais soluções que problemas.

Um abraço,

RRRR


Página principal

Ferramentas pessoais