Família

De wikITA

Em 1986 foi realizada uma eleição bastante conturbada para o CASD.

Na época era comum ter várias chapas "sérias" e pelo menos uma chapa "de sacanagem", que entrava na eleição fazendo propostas absurdas apenas para tornar a campanha mais engraçada.

Em 1986, a chapa "de sacanagem" era um grupo de pernambucanos e cearenses que se auto-denominava "A FAMÍLIA".

O programa da FAMÍLIA era muito engraçado, e quase todo foi escrito pelo João Barroso e o Danilo Reis de Vasconcelos, ambos ELE-88.

Havia coisas como "vamos acabar com as minorias no ITA! Não vamos mais deixar entrar nem judeu, nem preto no ITA! As medidas para a ala nipônica, por motivos eleitorais, só serão divulgadas depois da nossa eleição!".

Houve um debate antes da eleição, transmitido ao vivo pela RUSD. Todas as chapas compareceram com seus respectivos candidatos a presidente. Porém, o Mardilson Fernandes Queiroz, candidato da FAMÍLIA, mandou o Chiquinho Pimentel (também cearense, AER-86) mas que nem fazia parte da chapa.

Chiquinho se apresentou como "porta-voz do futuro Imperador do CASD" e transformou o debate eleitoral numa das transmissões mais hilárias da RUSD. Zabulon dos Santos Nogueira Neto (AER-89) e Rafael Abuhab (AER-88) eram os candidatos das chapas "sérias", mas mal podiam conter o riso das intervenções birutas de Chiquinho que propunha "instalar aparelhos de TV em todos os quartos" e "liberar a entrada de mulheres no H8".

Zabulon, como era baiano, e portanto simpatizado pela FAMÍLIA (majoritariamente pernambucana e cearense), foi poupado por Chiquinho. Mas o coitado do Rafael, rapaz sério e idealista, era tratado por Chiquinho como "o inimigo da FAMÍLIA"!

Chiquinho chamava Rafael de "Brumatista", em referência ao Marcelo Vito Figueiroa Brumatti (AER-88), sujeito de temperamento difícil, amigo de Rafael.

Em um certo momento, perguntou-se o que cada um queria fazer, se eleito fosse. Zabulon, que já era membro da Comissão de Alimentação, falou de seus planos para a comida no H15. Rafael, que era ligado à biblioteca do CASD, comentou sobre o uso da Sala de Revista do H8, e que as revistas assinadas pelo CASD não poderiam sair da Sala, etc, etc. Rafael disse (entre outras coisas) que o "pessoal do H8 deveria se educar e não pegar as revistas VEJA e ISTO É da sala de revista. Estas revistas deveriam sempre ficar na Sala, para quem quisesse lê-las..."

Chiquinho então intercedeu e disse (com o peculiar sotaque cearense): "Este rapaz (se referindo ao Rafael) não sabe o que está falando! Este rapaz quer é complicar a vida de quem quer ler sua revista, tranqüilamente no seu apê! Este rapaz quer é implantar o terror no H8! Ele vai acabar é "botando" um PA na porta da sala de revista e da biblioteca do CASD! É um Brumatista!"

As pessoas que ouviam a RUSD se dobravam de rir. O pessoal que apoiava o Rafael queria interromper o debate alegando que Chiquinho tava era tentando "avacalhar com o debate".

Dentre os planos de Chiquinho constava "aterrar o Raiz de 2 com os escombros do Prédio da Química", contratar garçons para servir à família e transformar as aulas do ITA em um Curso por Correspondência.

Na época, havia o CSTC (Curso Superior de Tecnologia de Computação) cujos alunos (e algumas raras alunas) almoçavam com os iteanos no H15. A Familia inundou o refeitório com cartazes informando que os cursos de CSTC seriam "mais condizentes com a capacidade de seus alunos: BASIC I, BASIC II, BASIC III etc". Enquanto isso, "as alunas teriam JOYSTICK I, JOYSTICK II etc".

No dia da eleição, os simpatizantes da FAMÍLIA formaram um "corredor polonês" na entrada do H15 (local da eleição) por onde eram guiados os bichos "para votar no imperador".

Apurados os votos, a FAMÍLIA ganhou por esmagadora maioria (um pouco menos que os votos do Rafael e do Zabulon somados).

Mardilson (ELE-87) e recém-eleito Imperador do CASD, queria abdicar, dizendo que era tudo brincadeira.

Porém, o resto da FAMÍLIA foi contra a abdicação! Afinal, eles tinham investido "muito tutano" na campanha e agora queriam os louros da vitória: morar no apartamento para o qual eles não haviam conseguido se mudar devido às regras da COHAB!

Mardilson que é baixinho e magrinho, insistiu na renúncia e saiu caminhando pelo corredor do H8 com intenção de abdicar.

Mas alguns membros da Família logo acionaram o temido Rubens dos Reis Cavalieri (carioca, "agregado da FAMÍLIA", mais conhecido como RUBÃO) para segurar o Mardilson e prendê-lo se preciso fosse. Com seus mais de 1.90m, não foi difícil para o Rubão convencer Mardilson a continuar...

Chiquinho Pimentel, porta-voz do Imperador, vai de novo à RUSD para o discurso de posse. Afinal o Imperador nunca falava com o "povão", mas apenas mandava o "porta-voz". Este discurso foi de novo muito ouvido no H8, com o pessoal dobrando de rir.

Chiquinho dizia coisas como "Palavras do Imperador ao saber da esmagadora vitória: Ihh... Fudeu!!!".

As medidas para a ala nipônica foram divulgadas. Eles (os da ala nipônica) morariam "nos confins do H8C, tendo direito cada um a uma toalha e uma cadeira"! No artigo segundo, ele mudava a denominação de CASD para CAIW (Centro Acadêmico Irmãos WRIGHT, “os verdadeiros inventores do avião”).

Mardilson, novo Imperador do CASD, fica o seu mandato inteiro. E, o "povão do H8" pôde usufruir da boa-aventurança trazida por um líder esclarecido!


Página Principal

Ferramentas pessoais