Gilvan Castro de Souza

De wikITA

(Diferença entre revisões)
(Links Externos)
Linha 1: Linha 1:
[[Imagem:Gilvan Castro de Souza.jpg|thumb|300px|center| http://www.smith.umd.edu/faculty/gsouza ]]
[[Imagem:Gilvan Castro de Souza.jpg|thumb|300px|center| http://www.smith.umd.edu/faculty/gsouza ]]
 +
 +
Gilvan nasceu em 11 de Outubro de 1968, na cidade de Goiânia (GO), mudando-se logo após para Uberlândia, onde morou até os tempos do ITA, exceto entre 1980 e 1982, quando morou em Paracatu (MG).  Formou-se no ITA em engenharia aeronáutica em 1990, quando também recebeu o prêmio EMBRAER como o aluno de melhor desempenho nas disciplinas de estruturas e aerodinâmica.
 +
 +
Após o ITA, começou a trabalhar na Autolatina, uma joint-venture entre a Volkswagen do Brasil e a Ford, em São Bernardo do Campo (SP), no departamento de projeto de chassis.  Entre Agosto de 1994 e Agosto de 1995, tirou licensa não remunerada para fazer um MBA em Clemson University (EUA), onde parte do tempo foi gasto na Itália, em Pordenone (Clemson tinha, digamos, uma filial na Itália).  Voltou para a Volkswagen em Agosto de 1995 (a esta época, VW e Ford tinham se separado), e trabalhou por mais um ano como supervisor de planejamento do produto, principalmente no projeto A4 (construção de nova planta em Curitiba para a manufatura do Audi A3 e Golf no Brasil). 
 +
 +
Em Agosto de 1996, voltou aos Estados Unidos para fazer o Ph.D. em operations management, na University of North Carolina.  Formou-se em Maio de 2000, e começou a trabalhar na University of Maryland, em College Park, na região metropolitana de Washington DC, onde permanece até hoje, como Associate Professor com tenure.  Mora em Washington DC.     
==Links Externos==
==Links Externos==

Edição de 21h03min de 13 de janeiro de 2009

Gilvan nasceu em 11 de Outubro de 1968, na cidade de Goiânia (GO), mudando-se logo após para Uberlândia, onde morou até os tempos do ITA, exceto entre 1980 e 1982, quando morou em Paracatu (MG). Formou-se no ITA em engenharia aeronáutica em 1990, quando também recebeu o prêmio EMBRAER como o aluno de melhor desempenho nas disciplinas de estruturas e aerodinâmica.

Após o ITA, começou a trabalhar na Autolatina, uma joint-venture entre a Volkswagen do Brasil e a Ford, em São Bernardo do Campo (SP), no departamento de projeto de chassis. Entre Agosto de 1994 e Agosto de 1995, tirou licensa não remunerada para fazer um MBA em Clemson University (EUA), onde parte do tempo foi gasto na Itália, em Pordenone (Clemson tinha, digamos, uma filial na Itália). Voltou para a Volkswagen em Agosto de 1995 (a esta época, VW e Ford tinham se separado), e trabalhou por mais um ano como supervisor de planejamento do produto, principalmente no projeto A4 (construção de nova planta em Curitiba para a manufatura do Audi A3 e Golf no Brasil).

Em Agosto de 1996, voltou aos Estados Unidos para fazer o Ph.D. em operations management, na University of North Carolina. Formou-se em Maio de 2000, e começou a trabalhar na University of Maryland, em College Park, na região metropolitana de Washington DC, onde permanece até hoje, como Associate Professor com tenure. Mora em Washington DC.

Links Externos


Turma de 1990

Ferramentas pessoais