Ivan Blin de Arruda Nóbrega Beltrão

De wikITA

Ivan Beltrão (1923-1979)

Em 1955, com o chafariz da Praça General Osório, em Ipanema, ao fundo


A trajetória de meu pai percorreu vários caminhos, que ele fez questão de cruzar: engenheiro de formação, foi cientista, pintor, músico e poeta. Como pintor, meu pai usou cores para expressar suas emoções e preto e branco para desvendar seus mistérios. Como poeta, trilhou caminhos musicais, para encantar pássaros e anjos. Como cientista, deixou um legado: os originais do livro "A Ciência pelo Caminho das Artes", que seria o primeiro de uma série, fundindo de maneira única e magistral, seus conhecimentos e experiências nas áreas artística - música e pintura - e científica - física, matemática, engenharia e cosmologia.


Sua relação com o ITA aconteceu nos primeiros anos da década de 50, quando foi professor na Divisão de Eletrônica. Até hoje me lembro dos momentos incríveis que passamos juntos quando ele me levava nos vôos que fazia em planador...


Ivan Beltrão foi também professor na Escola Técnica do Exército, do Rio de Janeiro. Como engenheiro, atuou na Standard Electric, Rio de Janeiro e na SEMP, em São Paulo. Exerceu cargo de Diretor na Motorola Rádio e TV, em São Paulo e na Zenith Radio e TV, no Rio de Janeiro. Atuou também como consultor na Supergasbrás, no Estado Maior das Forças Armadas e na Carvalho Hosken Engenharia e Construção S.A., entre outras empresas.

Para saber um pouco mais: http://www.ivanbeltrao.com

Catherine Beltrão

Ivan, em frente ao planador Neivão, no início dos anos 50
Ivan (de preto) e amigo, em frente ao Neivão, no início dos anos 50

Professores do ITA

Ferramentas pessoais