Jean Paul Jacob

De wikITA

Foi gerente de pesquisas da IBM, no Centro IBM de Pesquisas de Almaden, na Califórnia.

Após obter o título de Engenheiro Eletrônico pelo ITA em 1959, completou sua pós-graduação, obtendo um Master e um duplo Ph.D. em Matemática e Engenharia, na Universidade de Califórnia, Berkeley. Em 1966 voltou ao Centro de Pesquisas da IBM , onde hoje tem o titulo de Pesquisador Emérito. Desde 1966 é professor e pesquisador adjunto na Universidade de Califórnia em Berkeley.

Seus interesses em sistemas de apoio à decisão, engenharia de software, interfaces entre usuários e computadores etc., o levaram para área de previsões de futuras tecnologias e possíveis cenários, tornando-se conhecido internacionalmente através de mais de 300 entrevistas para jornais e revistas, em 12 paises. Entre elas, destaca uma bastante original para um iteano: uma entrevista (séria) de seis páginas para a revista Playboy ....

Aproveitando seu treinamento em shows do ITA, Jean Paul também deu 31 entrevistas para TVs, incluindo - nos extremos - duas para a CNN e quatro para o Jô Soares. Jean Paul também já deu pelo menos 300 palestras em 15 paises e tem vários prêmios, orgulhando-se principalmente de ter recebido dois prêmios importantes da escola de Engenharia de Berkeley, considerada em 2005 a melhor do mundo pelos Times de Londres. Recebeu os prêmios "Distinguished Alumni" em 1993 e "Research Leadership Award" em 2003. Orgulha-se igualmente por ter sido escolhido como paraninfo da Turma de 1996 do ITA.

Em 1962 trabalhou no laboratório nórdico da empresa, em Estocolmo e, em 1963, voltou aos Estados Unidos, designado para trabalhar no Laboratório de Pesquisas da IBM de San José (Califórnia). Envolveu-se com projetos de aciaria da IBM que compunha simulações de alto nível para a NASA. Retomou a carreira acadêmica, quando voltou ao Brasil em 1969, para trabalhar na USP, ITA e UFRJ - na qual criou o departamento de Sistemas.

Em 1980 criou no Brasil o primeiro Centro Científico da IBM na América do Sul, bem como o Instituto de Engenharia de Software.

Jean Paul confidenciou em e-mail de 2017 a Decio Fischetti que creditava ter se tornado o palestrante mais requisitado de toda a IBM graças às experiências com o Show do ITA.

Dentre algumas histórias interessantes, pode-se citar sua prisão ao jogar bridge na porta de um edifício, impedindo a passagem de seus moradores.

Faleceu em 7 de abril de 2019.


Texto de Decio Fischetti (AEROV-60) enviado por e-mail em 08/04/2019:

JEAN PAUL, UMA PERDA NACIONAL

Jean Paul não era penas um engenheiro, não era apenas um cientista de renome internacional, não era apenas um humorista de respostas rápidas, ao nível de sua inteligência e cultura. Além de figura exponencial do nosso Show do ITA que atravessou fronteiras e fez sucesso em São Paulo, transmitiu a nós, da mesma geração, seus conhecimentos notáveis sobre a arte de representar, timing para contar a piada e além de tudo, nos mostrou a arte da mímica e seu mestre Marcel Marceau, do qual todos acabamos ficando fãs. Desculpem os tecnicistas, mas o muito que Jean Paul representou para a ciência, para a IBM e para a tecnologia, não se compara com a sua arte. Exemplifico, lembrando suas participações geniais no programa do JÔ (provocando ciúmes no Gordo) e dividindo o palco no Anhembi com Millor Fernandes num Congresso de Eletrônica. Esse o Jean Paul que me confessou que devia muito da sua performace profissional, aos tempos da vida e do Show do ITA.

Vai lá, Jean Paul e mostra a sua verve prá turma. Tenho certeza de que São Pedro vai viver de rir. No que me tange, lembrando o que aprendi consigo, muito obrigado. (não esqueça de contar aquele monólogo do Fusquinha!)


Texto de Isak Kruglianskas (AEROV-63) enviado por e-mail em 09/04/2019:

Triste noticia

Só para registro, quero deixar aqui meus agradecimentos ao Jean Paul, com quem tive pouco contato. Todavia, registro minha gratidão a ele por um conselho que me deu durante o período do trote: "Não leve livros ou tarefas para casa (em SP) nos fins de semana".

Eu segui à risca o conselho, e estou convicto de que esta foi uma das principais razões que me permitiram superar sem maiores stresses as demandas do ITA (especialmente no curso fundamental).

Também, não posso esquecer de um lance de humor do Jean Paul, que, após formado em eletrônica foi para a França e decorridos 6 meses enviou uma carta que foi afixada no painel do restaurante onde se destacavam os seguintes dizeres: "ESTÁ COMPROVADO QUE A AERONAÚTICA É UM CASO PARTICULAR DA ELETRÔNICA", acabo de receber o título de "Mestre em Engenharia Aeronáutica".


Texto de Sérgio Borger (colega de IBM) em e-mail de 11 de abril de 2019:

Queridos amigos, professores e mentores..

Queria compartilhar com vocês a partida de nosso amigo Jean Paul no final da semana passada.

Eu ainda me lembro do comentário dele em 97, durante a defesa de minha tese no IBM, indicando que meus gráficos de coordenadas paralelas foram essenciais para o bom sono dele durante a viagem a São Paulo.

Tive a chance de estar com ele em meados de fevereiro por 1 hora. A inteligência, inspiração, carinho e generosidade dele para com os pupilos e protegidos estava inabalada. Ele me sabatinou por quase 1 hora sobre todos os aspectos de meus projetos, sobre a família e sobre os filhos.

Eu acompanhei a diabete e o câncer tomaram a visão e a voz dele durante o ultimo ano. E apesar da visível dor, a vontade de compartilhar e explorar o mundo continuava a brilhar em cada comentário dele.

Compartilho com vocês o link onde estamos juntando memoria para lembrar o legado dele.

Se vocês sentirem vontade de se juntar, ele pediu pra tomarmos cerveja e lembrarmos de uma historia dele quando ele partisse pro beleleu. Antartica bem gelada ai no Brasil !!!

Um grande abraço

Sergio

Ligações externas


Turma de 1959
Atores Iteanos

Ferramentas pessoais