João Mario Csillag

De wikITA

  • Nasceu em São Paulo, prestou vestibular em São Paulo, residia em São Paulo.
  • Primeiro emprego: Willys Overland onde foi engenheiro de chão de fábrica.
  • Trabalhou depois na Philips e foi consultor de Análise do Valor.
  • Ensinou na FGV desde 1973 até o fim da vida tendo passado por vários departamentos da escola.
  • Um dos fundadores da ABEAV
  • Trouxe o congresso da SAE de 1987 para o Brasil, com a ajuda da Fundação Miles
  • Um dos fundadores da ABQ em 2012, de quem foi o primeiro Presidente
  • Faleceu em 9 de abril de 2019.

imagem:JoãoCsillag.JPG


Transcrição do e-mail de Danillo Cesco (AEROV-60' ) datado de 10/4/2019:

É…turma, lá se vai mais um antigo colega de escola.
A Escola aonde juntos chegamos naquele distante fevereiro de 1956.
Verdade que, por afazeres ou distância, mesmo em vida a Vida costuma separar pessoas.
Como no caso de amigos e colegas de outrora que em boa convivência se relacionaram.
Separação apenas física por certo, pois que, durante os anos, de um jeito ou de outro alguma notícia sempre nos chega, não é verdade?
Mas a lembrança fica lá guardada. E agora ao ouvir admirado a gravação feita pelo Csillag em 2013, a memória se aviva e então se revê o colega naquela distante quadra de vida.
Tenho uma leve impressão de que, em idade, ele era o mais novo da turma, não era não? …(ou essa primazia coube ao Rabi?). Mas sempre transparecendo boa índole e maturidade.

Para louvar a Vida, permitam-me aqui pelo menos um registro de riso. Foi assim:
Naqueles primeiros anos, quão bucólica era a nossa São José dos Campos! Com a sua gente simples, lojinhas mal apresentadas, carroças nas ruas, lembram?
Num belo dia, vejo no H8 uma algazarra danada. Era a de amigos que "tiravam o sarro” do colega - que, por sua vez, também dava gostosas risadas, ainda que um tanto ruborizado.
Especula daqui, ouve dali, fiquei sabendo que no primeiro encontro com uma bela garota na cidade, ela comparecera tendo nos braços uma volumosa galinha amarrada pelos pés com palha de milho.
Retrato de uma época, por certo, mas que simpaticamente surpreendera o estudante vindo da capital, hehehe.

Voltando à gravação, pessoal, Cês viram com que tranquilidade o Csillag vai narrando a rica vida de formação e trabalho?… Pois é, admirável mesmo.
Csillag….Chegam-me à mente, agora, alguns termos húngaros que aprendi com o Tomás Hajnal - E, recordo-me dessa palavra tendo “Estrela” por significado.
Então, família, então amigos, pensando bem, o que tivemos agora foi tão somente a transposição de uma “Csillag” para seu destino Maior.
Muita paz, unidos em pensamento.

Transcrição do e-mail de Decio Fischetti datado de 10 de abril de 2019:

Mais uma perda significativa. O Csillag era da minha turma (60). Compaheirão, sempre alegre, piadista, enfim, um ser humano nota 10. Meus sentimentos à família.


Links externos

Resumo do TG

Perfil no LinkedIn

Trajetória Acadêmica, vídeo de 2013 disponível no YouTube




Turma de 1960

Academia Iteana de Letras

Ferramentas pessoais