Presidente Lula visita o ITA em 26/09/2008

De wikITA

O Presidente Lula viria a SJC para participar de um comício em prol do candidato do PT em SJC, Carlinhos de Almeida.

De acordo com a Lei, ele tem o direito de pousar com o avião presidencial por conta a União em qualquer lugar do país e após descer do avião, se não estiver em missão oficial, vira um cidadão comum e tudo fica por conta do partido.

O protocolo manda que o Comandante-Geral da organização militar receba o Presidente, ocorre que o número 1 e o número 2 do CTA estavam ausentes e delegaram esta tarefa ao número 3, Brig Eng Venâncio (AER-78).

No sábado de manhã, quando o Lula ainda estava em São Paulo, o Brig Venâncio dirigia-se ao aeroporto para ver como estavam os preparativos para receber o Presidente e no caminho, enquanto trafegava pela "dutrinha" lembrou-se que o Eng Alberto (AER-83)) havia dito que iriam levar a turbina para o laboratório do ITA (ainda em construção).

Imediatamente, acendeu-se a luz da oportunidade e o Brig Venâncio desviou-se de sua trajetória original e ligou para o Eng Alberto perguntando se ele conseguiria colocar a turbina no laboratório até as 10h da manhã, se não me engano e foi informado que era possível.

Retomando, ele foi ao aeroporto e perguntou para o aparato de segurança que estava lá se seria possível o Presidente dar uma "desviadinha" na sua rota e conhecer uma engenhoca que seria um salto tecnológico para o Brasil, pedido que foi taxativamente negado pela assessoria presente.

Não se dando por vencido e tomado pelo espírito do Marechal Montenegro, o Brig Venâncio perguntou a um Coronel da Aeronáutica (que fazia parte da comitiva presidencial) se ele poderia ajudar nesta empreitada (um Oficial medíocre estaria puto de estar fardado num sábado de manhã e se limitaria a cumprir apenas a sua obrigação).

O Coronel informou que havia um Maj Brig que acompanhava o Lula bem de pertinho e que estava com ele na Capital.

Sem se intimidar com a superioridade hierárquica do outro Oficial-General, o Brig Venâncio comunicou a sua intenção "suicida" à sua cadeia de comando e recebeu o sinal verde para agir.

Ligou para o Maj Brig que estava com o Lula e explicitou suas intenções.

Logo em seguida recebeu um retorno de sua ligação dizendo que havia grande chance do Presidente aceitar o convite e que já estavam decolando de São Paulo.

Imediatamente, dirigiu-se ao Laboratório com o "staff" da segurança presidencial para eles avaliarem a segurança do local e se posicionarem para dar proteção às autoridades, caso a visita viesse realmente a ocorrer.

O Brig Venâncio solicitou o apoio de toda a equipe técnica para que fizessem cartazes com os envolvidos/patrocinadores do projeto (FINEP etc).

Neste momento o avião presidencial já estava na vertical do CTA e o Brig voltou correndo ao aeroporto para cumprir a sua missão inicial (dar as boas vindas ao Presidente).

O Presidente foi recebido pelos presentes, tirou fotos com as tietes e dirigiu-se ao centro de SJC para participar do comício, enquanto a galera dava o maior duro na preparação do laboratório.

Pouco tempo depois o Presidente retornou e foi conduzido ao Laboratório, que fica logo no primeiro balão do CTA virando à direita (na direção do Batalhão de Infantaria), numa estrada precária, de terra.

Foram dadas as explicações sobre o projeto e o Presidente se entusiasmou, acenando até com uma visita do Ministro da Ciência e Tecnologia e do Ministro das Minas e Energia (a turbina tanto pode ser usada para propulsão aeronáutica como para a produção de energia elétrica).

Presidente Lula desce do carro e é recebido pelo Brig Venâncio (AER-78)
Presidente Lula cumprimenta os presentes e caminha em direção à sala onde se encontra a turbina.
Brig Venâncio (AER-78) mostra a turbina ao presidente Lula.
Legenda da Foto
Legenda da Foto
Legenda da Foto
Legenda da Foto
Legenda da Foto
Legenda da Foto
Legenda da Foto
Presidente Lula, Brig Venâncio e Homero Santiago Maciel
Legenda da Foto
Legenda da Foto
Legenda da Foto
Legenda da Foto
Legenda da Foto
Legenda da Foto
Legenda da Foto
Legenda da Foto
Legenda da Foto

História do ITA 2001 a 2010

Ferramentas pessoais