T62 Pedro Luiz: Momento Musical II

De wikITA

Momento glorioso musical II


Abriram um restaurante argentino com música ao vivo em Santo Amaro, chamado Tango Uno, e lá fui eu com a companhia de um casal de amigos para conhecer. Pedimos alguma coisa e logo alguns músicos com o obrigatório bandoneon nas mãos de um deles apareceram, tocaram um ou dois tangos e depois disseram que naquele dia, era terça-feira, a casa abria o seu microfone para clientes que quisesse cantar.

O impulso foi incontrolável, a minha mão se ergueu.

– Bueno, lo que quieres cantar?

– Tomo y obligo!

Um microfone foi-me trazido à mesa, os músicos começaram a tocar, eu me levantei e cantei o referido tango de ponta a ponta, sem um vacilo, caprichando na pronúncia correta das palavras com o devido sotaque praticado em Buenos Aires. Fui merecidamente aplaudido.

Aí levanta-se um argentino de uma mesa um pouco distante, vem até mim

– Eres porteño?

Para seu assombro, expliquei que era um autêntico brasileiro. Só resisti a acrescentar: “capaz de cantar tangos argentinos melhor do que muitos cantores em Buenos Aires...”


Pedro Luiz de Oliveira Costa Neto
Ferramentas pessoais