Victor Vincent Valla

De wikITA

Professor do Departamento de Humanidades nos anos 70

imagem:VictorValla.gif

Victor Valla nasceu em 8 de agosto de 1937 na Califórnia, Estados Unidos, na cidade de Los Angeles. Graduou-se em Educação na Saint Edward's University (1959). Ainda na Califórnia integrou, como missionário, a Ordem Religiosa Irmãos e Padres de Santa Cruz, através da qual chegou ao Brasil em 1964. Nessa época, em pleno regime militar, conheceu os setores progressistas da Igreja Católica no Brasil, quando teve a oportunidade de, ao mesmo tempo, frequentar aulas de língua portuguesa e começar a ter um conhecimento crítico sobre a realidade brasileira.

Em 1966 desligou-se da ordem religiosa e ficou morando no Brasil. Na cidade de São José dos Campos, São Paulo, ministrou aulas de inglês (1967 a 1974) no Instituto Cultural Brasil Estados Unidos (IBEU) e no Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), onde conseguiu suporte para realizar estudos de mestrado e doutorado. Nessa época, através do acompanhamento de trabalhos comunitários de alguns dos alunos do curso de inglês, tomou contato, pela primeira vez, com o método Paulo Freire de educação popular.

Obteve o título de mestre em História Social do Brasil pela Universidade de São Paulo (USP) em 1969, onde também doutorou-se em História Social do Brasil (1972). Nestes anos de pós-graduação desenvolveu estudos sobre a história da influência norte-americana na economia brasileira1, sob a orientação da Dra. Nícia Vilela Luz.

Entre 1973 e 1975 trabalhou na Coordenação Econômica e Planejamento da Lavoura Cacaueira (CEPLAC), atuando na área de educação não-formal de técnicos agrícolas, agrônomos e trabalhadores rurais no Município de Ilhéus, Estado da Bahia.

Por opção, solicitou nacionalidade brasileira (1982), depois de 18 anos morando no Brasil.

"Gostava de jogar basquete e tinha um jeito todo especial de arremessar a bola à cesta. Jogamos muitos 21 juntos na quadra descoberta do CTA, debaixo de um sol escaldante e suando muito pois ele era bem mais gordinho do que atualmente é e eu muito mais magrinho. Foi meu professor de história contemporânea no Departamento de Humanidades no primeiro profissional. Com o Pio Caetano Lobo criou as disciplinas Tecnologia e Desenvolvimento I e II, que fiz com um grupo da T73 no quinto ano, construindo a visão estratégica e principalmente social do papel do engenheiro, voltado para um modelo de desenvolvimento do Brasil diferente daquele da época, a do Brasil ame-o ou deixe-o." Paulo Ignácio Fonseca de Almeida (ELE-73)

O nosso querido mestre Victor Vicent Valla faleceu no dia 09 de setembro de 2009. Ele é daqueles que se foi mas não se foi. Deixou sua história de vida como um exemplo. Ficou na memória de seus ex alunos e amigos que fez no ITA nos anos de 64 a 72. O ITA foi o que foi e causa orgulho em nós, seus engenheiros, pelas oportunidades que criou para a formação da engenharia do país, mas principalmente pela capacidade de formar profissionais competentes e cidadãos conscientes.

Valla, como um missionário, nos ensinou o papel social do engenheiro ou da empresa como se quer hoje. Seguiu seu caminho depois do ITA, coerente com o que nos ensinava. Morreu no Rio de Janeiro, como pesquisador da Fiocruz. Quem quiser conhecer mais do Valla veja o link relacionado abaixo.

Links externos

CV no Sistema de Currículos Lattes

Especial Victor Valla na Fiocruz


Professores do ITA

Ferramentas pessoais