Victor do Nascimento Leal

De wikITA

1963

Victor era filho do Cel. Oswaldo do Nascimento Leal, um dos responsáveis pela inclusão de civis como alunos do ITA.

Faleceu de ataque cardíaco em Tokyo em outubro de 1984. Era gerente de marketing da Philco e estava no Japão tratando de negócios com a Hitachi. Informação prestada por Paulo Kodaira em 10/2011.

Sua esposa Lúcia Helena faleceu em maio de 2014.

Seu filho Victor do Nascimento Leal Júnior é um empreendedor no ramo de varejo e alimentaçãoo e é um dos sócios responsáveis por trazer o Eataly ao Brasil.

Depoimentos

Do Hitoshi (ELE-63): "Após deixar a SESA (Standard Electrica SA) em inícios de 1965, entrei logo em seguida na INBELSA (Indústria Brasileira de Eletricidade SA) , para trabalhar com projeto e instalação de sistemas de rádio comunicação UHF. Aí encontrei com o Vítor Leal, que estava no setor de equipamentos de medicina da Philips. Enquanto trabalhava na fábrica da Rua Amador Bueno 474, em Santo Amaro, São Paulo, encontrava frequentemente com o Victor. Ele fazia vendas a hospitais de equipamentos como raios X, espectógrafo etc... Como eu comecei a viajar para trabalhos externos, só nos encontravamos quando eu regressava das viagens. Como eu viajava praticamente sem parar (era minha função gerenciar ou supervisionar as instalações), os contatos com ele ficaram esporádicos, por isso não tenho certeza quando saiu da INBELSA, deve ter sido entre 1967 e 1969. Sei que ele aparecia no escritório sempre elegantemente trajado de terno (como aliás todos nós, menos na elegância). E era muito respeitado entre os funcionários. Lembro bem que o Taube e o Pompílio, também de nossa turma, eram companheiros bem chegados a ele no ITA."

Do Amadeu (ELE-63): "Tive vários contatos com o Victor quando ele trabalhava na Philco (fábrica de auto rádios destinados aos carros Ford nos USA). Ele casou-se com a Lúcia Helena (que era secretária do prof. Boffi e tinha sido colega do Victor no colégio). Tiveram vários filhos – cinco, eu acredito. Houve um ano em que nasceu uma menina prematuramente, que se desenvolveu muito bem, e no final daquele mesmo ano a Lúcia Helena deu à luz outra vez. O mais velho se chamava Victor, como o pai, estudou economia e trabalhou algum tempo em uma empresa de produtos eletrônicos. O Victor era muito dedicado à família e ao trabalho."

Do Homem de Mello (ELE-63): Victor era católico praticante. Em uma de suas viagens ao Japão ficou numa pequena cidade e em um certo dia quis ir à missa. Perguntou no hotel sobre uma igreja para a qual telefonou perguntando o horário das missas. Havia um horário e ele informou-se que poderia ir. Tomou um táxi mas o motorista demorou para achar a igreja. Quando chegou havia um senhorzinho sentado na entrada para quem Victor perguntou se a missa já havia acabado. Ele respondeu que era o padre e estava esperando pelo Victor, que seria o único participante."


Turma de 1963

Links externos

Resumo do TG

Ferramentas pessoais